Ambos têm um dom




Um beijo! Carícia leve de sentimentos profundos.
Por serem profundos, tem de ser leve o toque,
para que tudo no mundo invisível gire intocável 
Apenas o que permanece para além do toque
mantém a liberdade e a pureza. Então que exista 
o beijo, o abraço, mas que deixe livre a briza que atrai 
nuances de receber e devolver,
sem que alguém pense que deu mais do que recebeu
Um momento que não tem intenção de adoçar palavras
até porque ela ainda não as conhece,
mas ambos conhecem o ponto exato  onde se sente 
a fragrância da vida; o saber dar, dar tão espontaneamente
que não toca na essência de cada um
Ela traz o dom de saber, tu reaprendeste. 
E é muito bom reaprender. 
Todos nós esquecemos o quão puro nascemos
mas ela sabe e tu relembras. Ambos têm um dom


Com amor
Fernanda R-Mesquita

2 de outubro-2017




Comentários